quinta-feira, 1 de abril de 2010

Caminhos, caminhão: Misto da feira...*

Por José Cícero

De terra era a estrada
Que dava para à ribeira.
O caminhão à manivela.
O misto da feira
Subia gemendo e devagar
O topo da serra.
Crato, Aurora e Missão Velha.
Ônibus dos feirantes
Trem dos retirantes
Esquecidos pelos sertões adentro.
Misto da feira,
Entupetado de mercadoria, gente e bicho.
Antigo Misto, velho caminhão.
cheiro forte de homem e gasolina.
Rota batida, sol à pino
Café da linha
Que se estendia
Das feiras do Crato,
E de Juazeiro até Cajazeiras.

A distância era tremenda.
Léguas tiranas,
Poeira densa de encher a alma
Dos viajantes.
Saudosas paradas.
Merenda: Café com broa
Distribuídas ao longo da estrada.
Jippe roncando, carro de boi invejando.
Rural e DKV atolados
na areia quente da seca.
Velha jardineira de primeira classe
Rasgando o solo dos sertões
Em dias de feira.
Cidadezinhas à espera
Velhos chapeados a postos
Provinciano dia-a-dia
Daquela boa gente sertaneja.

De terra era a estrada
Rastros da borracha na areia
Pedras soltas, cascalhos do chão.
Chão batido, poeira, bodegas...
Caatinga pra todo lado
Solidão dos caminhos
Quebrada pelo misto da feira
Motor endiabrado,
Levando na bulé e na carroceria
Gente e bicho,
Bugigangas e outras mercadorias
À feira do Crato,
Aurora, Icó, Brejo e Porteiras.
Velho Misto da feira
Caminhante do oco do mundo
Aproximando a lonjura do Cariri
Àté à feira de Fortaleza.

José Cícero
In Fractais Imensos
(2010 inédito)
LEIA MAIS EM:
www.seculteaurora.blogspot.com
www.aurora.ce.gov.br
www.blogdaaurorajc.blogspot.com


Um comentário:

BETO FERNANDES disse...

Olá Prof. José Cícero.

Adorei essa postaghem e revivi parte d aminha infância até os idos de 1974 quando algumas vezes fui a Vil Mel em Jucás, num percurso sem igual de Iguatu a Jucás nesse tipo de transporte.

Ia com amamãe e ficava calado obsrvando como tudo se misturada daquela forma. Gente, bichos e coisas. Era uma misto no sentido mais amplo da palavra. Nem imaghina que aquele "carrão" estava no final de uso sendo substituído gradativamente por C-10e pick-up (rsrsrsrs)

Tomei a liberdade de publicá-lo neste dia 2 no Blog do Juazeiro. Um abrao e boa Páscoa.